Medicina: O que é?

A Medicina é a área do conhecimento aplicada ao apoio e suporte da vida e da saúde humanas. Seu objetivo é a cura e o tratamento de doenças orgânicas e mentais que interferem no bem-estar do ser humano. Acredita-se que a influência da Medicina esteja somente no âmbito individual, porém seu papel na sociedade vai ainda mais além, focando-se também no trabalho com comunidades e grupos de risco. De fundamental importância à preservação da vida, essa área do conhecimento atua na manutenção da sociedade.

O que se aprende na faculdade de Medicina?

No curso de Medicina se aprende essencialmente sobre a saúde do corpo humano, oferecendo conhecimentos para que o estudante seja capaz de atuar na cura, tratamento e na prevenção de doenças. São seis anos de curso, divididos entre 12 períodos. Durante os primeiros semestres do curso de Medicina, os alunos conhecem os fundamentos do estudo da Anatomia e a suas particularidades.  Nos seguintes períodos, o estudante aprende sobre a manifestação das doenças e a sua relação com o corpo humano, seu ambiente, bem como seu tratamento.

Composta por uma grande carga horária de aulas práticas, boa parte dos alunos começa a decidir por sua especialização no seu contato com a aplicação de seus conhecimentos. Não somente desenvolvida por conhecimentos técnicos da função, a graduação em Medicina também é composta pela compreensão das relações humanas.

A grade curricular de Medicina inclui além da anatomia, o estudo do ser humano em sua totalidade, envolvendo assim aspectos mentais e sociais pertinentes ao seu desenvolvimento. Composta por cerca de oito mil horas/aula, esta grade é dividida entre teoria e prática. Confira as disciplinas apresentadas em uma grade horária padrão para o curso de Medicina:

Primeiro semestre

  • Anatomia I  
  • Bioquímica  
  • Biologia Celular e Molecular  
  • Histologia  
  • TCC I  
  • Ética e Humanismo  

Segundo semestre

  • Anatomia II  
  • Desenvolvimento Humano  
  • Fisiologia I  
  • Psicologia Médica  
  • Sociedade, Saúde e Ambiente  
  • Medicina da Família I

Terceiro semestre

  • Microbiologia  
  • Parasitologia  
  • Patologia Geral  
  • Fisiologia II  
  • Medicina de Família II  
  • Atitudes e Habilidades Médicas

Quarto semestre

  • Patologia Especial  
  • Imunologia  
  • Semiologia Médica  
  • Propedêutica da Imagem  
  • Medicina da Família III

Quinto semestre

  • Fisiopatologia  
  • Técnica Cirúrgica  
  • Farmacologia Básica  
  • Deontologia e Bioética  
  • Bioestatística  
  • TCC II  
  • Medicina da Família IV  
  • Saúde Mental I

Sexto semestre

  • Saúde do Adulto e Idoso I  
  • Farmacologia Clínica  
  • Medicina da Família V  
  • Atividade de Integração VI  
  • Saúde Mental II  
  • Gestão em Saúde

Sétimo semestre

  • Saúde da Criança I  
  • Saúde da Mulher I  
  • Medicina da Família VI  
  • Saúde do adulto e idoso II  
  • Clínica Especializada

Oitavo semestre

  • Saúde da Criança II  
  • Saúde da Mulher II  
  • Medicina da Família VII  
  • Clínica Cirúrgica  
  • TCC III

Nono ao décimo segundo semestres

  • Estágios supervisionados em clínica médica, saúde mental, saúde coletiva, clínica cirúrgica, Atenção Básica, pediatria, ginecologia, urgência e emergência.

No curso de Medicina, o estudante vai se deparar com as distintas áreas de atuação da profissão, que não necessariamente são clínicas ou hospitalares, mas também podem ser forenses, laboratoriais, do trabalho, de pesquisa e entre outros.   

Se tratando do campo de atuação, a variedade oferecida ao estudante é igualmente vasta. Contado com opções como pediatria, Ginecologia e Obstetrícia, Cirurgia Geral, Anestesiologia, Cardiologia, Ortopedia e entre outras. Devido ao intenso contato com as mais distintas especialidades médicas proporcionado pela universidade, o aluno terá a oportunidade de reconhecer e identificar, durante o curso, o campo de estudo e atuação que mais lhe interessa desenvolver.  

Como é o mercado de trabalho em Medicina?

A Medicina é reconhecida por ser uma profissão que proporciona estabilidade financeira. Com o crescimento populacional e com o surgimento de novas doenças, o mercado de trabalho na área médica requer cada vez mais profissionais especializados. Assim, há oportunidade para o profissional formado nesta área em diversos campos, áreas de atuação e locais, podendo este trabalhar em grandes metrópoles ou até mesmo em pequenas cidades do interior.

Com a maior média salarial entre as profissões tradicionais, dificilmente se encontra um médico que não esteja exercendo sua profissão. Desde a atuação em saúde geral até em especialidades popularmente pouco conhecidas, o profissional da Medicina é sempre requisitado devido a vasta demanda na área da saúde. Além dos salários altos e do baixíssimo índice de evasão profissional, a Medicina é a profissão que possui a maior taxa de empregabilidade, onde quase 100% dos profissionais que seguem essa carreira estão empregados.

Qual é o perfil profissional do Médico?

O perfil profissional daquele que escolhe atuar em Medicina deve incluir primordialmente a afinidade pela área de Saúde. A necessidade em ajudar aos outros, ser reconhecido, se sentir desafiado, são alguns fatores que levam as pessoas a cursar Medicina, mas não necessariamente necessitam estar presentes no perfil do ingressante, já que existem diversos caminhos de atuação nesta profissão.

Entre as características e habilidades mais apreciadas em um médico, destacam-se:  

Empatia: não somente a capacidade de se colocar no lugar do outro, mas de entender e avaliar como o sofrimento do paciente influencia no diagnóstico.

Comunicação: a comunicação é vital na carreira médica, pois é o canal de conexão entre o médico e seu paciente. Um médico que não consegue se comunicar terá dificuldades na área clínica da profissão.

Equilíbrio Emocional: é necessário ter maturidade emocional para lidar com situações emergenciais e complicadas. Ter paciência em situações de risco facilita o processo de tomada de decisões.    

Capacidade Analítica: em todos os campos da Medicina e em suas mais de 50 especializações, a capacidade de analisar e apresentar soluções é indispensável. Por mais que toda a esfera do relacionamento humano seja vista como muito relevante, a análise de ambientes, fatos e pessoas é de extrema relevância no âmbito médico.

É necessário ter em mente que mesmo escolhendo um caminho mais específico dentro da profissão, todo médico deve enxergar com abrangência e integralidade o cuidado da saúde, desde o atendimento médico, dado ao paciente, até a gestão de recursos e pessoas que estão envolvidas em todo o processo de promoção, prevenção e reabilitação da saúde.

O amor pela profissão é de vital importância, pois a rotina é intensa. Desde plantões a horas seguidas de atendimento, ainda como estudante, quem segue a carreira irá se deparar com grandes desafios, que no decorrer de seu plano de carreira o levarão a se tornar um profissional ainda melhor.

Além disso, a Medicina passa por avanços dia após dia, exigindo do profissional constante atualização. Devido à grande complexidade que permeia a anatomia humana, o estudante de medicina deve contar com muitas horas de estudo e dedicação. Profissionais despreparados e com uma má formação acadêmica colocam não somente a sua profissão em jogo, mas também a saúde e vida de seus pacientes.  

Por que estudar Medicina no ITPAC Palmas?

Como descrito anteriormente, um profissional preparado e com uma boa formação acadêmica é essencial para a sociedade. O risco à vida que traz um médico que teve seus estudos negligenciados deve ser considerada. Por isso que o curso de Medicina do ITPAC Palmas conta com cinco laboratórios de ensino para a área de Saúde, sendo dois Laboratórios Morfofuncionais de altíssimo nível, revelando sua excelente estrutura.

Com grande variedade de equipamentos e materiais, a imersão do aluno no universo da Medicina é completa. O ITPAC Palmas é referência de ensino superior no estado do Tocantins e seu corpo docente possui excelência na área. Na hora de escolher sua universidade, esses valores devem ser levados em conta.

 

 

 

 

FALE CONOSCO

Restou alguma dúvida? Entre em contato com o grupo Afya e retornaremos o mais rápido possível.